Sintomas de Diabetes: Tipo 1, Tipo 2 e Gestacional

Sintomas de Diabetes: Tipo 1, Tipo 2 e Gestacional

Gostou do artigo? Compartilhe!

O diabetes é uma doença silenciosa que pode causar sérios problemas de saúde, como cegueira, problemas renais, no fígado e até amputação de membros, por isso conhecer os sintomas de diabetes é importante para dar inicio ao tratamento.

Índice:

  1. Quais são os primeiros sintomas da diabetes?
  2. Sintomas de diabetes em homens
  3. Sintomas de diabetes em mulheres
  4. Sintomas de diabetes tipo 1
  5. Sintomas de diabetes tipo 2
  6. Sintomas de diabetes gestacional

 

Quanto mais cedo iniciar o tratamento, menores são as chances de complicações e maior a expectativa de vida do paciente. 

Os sintomas do diabetes são causados ​​pelo aumento da glicose no sangue.

Quais são os primeiros sintomas da diabetes?

Quais são os primeiros sintomas da diabetes?
Visão embaçada
  • Aumento da fome
  • Aumento da sede
  • Perda de peso inexplicável
  • Micção frequente, vontade de urinar várias vezes ao dia
  • Visão embaçada
  • Fadiga e cansaço extremo
  • Feridas e machucados que não cicatrizam

Sintomas de diabetes em homens

Além dos sintomas de diabetes descritos acima, os homens diabéticos também podem ter uma redução do desejo sexual , disfunção erétil e pouca força muscular.

Sintomas de diabetes em mulheres

Da mesma forma, além dos sintomas acima, as mulheres diabéticas também podem ter sintomas como infecções urinárias , candidíase e ressecamento da pele e coceira.

Sintomas de diabetes tipo 1

Os sintomas de diabetes tipo 1 são:

  • Fome acima do normal
  • Aumento da sede
  • Perda de peso sem explicação
  • Micção frequente
  • Visão embaçada
  • Cansaço e fadiga
  • Alterações de humor sem explicação

Sintomas de diabetes tipo 2

O diabetes tipo 2 costuma ser discreto no início, então muitas pessoas vivem com a doença sem saber disso.

Embora possa parecer inócuo, significa que o pâncreas não está produzindo insulina suficiente para regular os níveis de glicose no sangue.

Com o tempo, a glicose alta no sangue podem causar danos ao corpo.

Os sintomas de diabetes tipo 2 mais comuns são:

  • Aumento da fome
  • Aumento da sede: Esse tipo de sede é insaciável, o que significa que você pode beber mais de dois litros por dia, mas ainda sente sede.
  • Vontade frequente de urinar: Acordar durante a noite para ir ao banheiro é bastante comum em pessoas com mais de 60 anos. No entanto, fazer isso mais de duas vezes durante a mesma noite é um motivo de preocupação.
  • Visão embaçada

  • Cansaço e fadiga extrema

  • Feridas e machucados que demoram a cicatrizar ou não se curam

Outros sintomas de diabetes tipo 2

Diarreia: Um sintoma que passa desapercebido de diabetes tipo 2 é a diarreia. Segundo a Dra. Angela Rai, GP do The London General Practice explicou por que o diabetes tipo 2 causa diarreia: ” O diabetes tipo 2 pode causar danos aos nervos e levar a uma condição chamada neuropatia autonômica”, explicou ela. “A neuropatia autonômica afeta diferentes órgãos e pode afetar o controle da pressão arterial, o sistema digestivo, o controle da bexiga e a função sexual.”

Prisão de ventre: A neuropatia autonômica também pode causar prisão de ventre, alertou ela. Existem várias razões pelas quais a constipação pode se manifestar em pessoas com diabetes. “Altos níveis de glicose podem aumentar a probabilidade de constipação e desidratação nos diabéticos e pode levar à constipação”, explicou a Dra. Rai. Ela continuou: “Mudanças na dieta, como a restrição de produtos de trigo, podem levar à constipação, e a medicação para diabéticos também pode afetar o sistema digestivo, causando diarreia ou constipação”.

Sintomas nos pés: Os diabéticos geralmente relatam alguns desconfortos nos pés, como: Dormência, Pequenos choques elétricos semelhantes a agulhas e alfinetes, Sensação de queimadura, Sensação de congelamento.  Os problemas nos pés surgem principalmente quando há lesão nervosa causada pela glicose alta no sangue, um processo denominado neuropatia. Embora possa doer, o dano ao nervo do diabético pode diminuir sua capacidade de sentir dor, calor e frio, explica a American Diabetes Association (ADA). Como resultado, as pessoas com diabetes estão propensas a desenvolver calosidades nos pés.

Sangue na urina: A glicose alta no sangue danifica os pequenos vasos sanguíneos e minúsculos filtros dos rins. Quando o diabetes leva à doença renal, a complicação de saúde é conhecida como nefropatia diabética. A doença renal também pode levar ao aparecimento de sangue na urina, sensação de cansaço, falta de ar e náuseas.

Os tornozelos inchados: É um sinal de nefropatia diabética, de acordo com a Diabetes UK. Isso ocorre quando a glicose no sangue causaram danos aos rins, levando à doença renal. Tornozelos, pés e mãos inchados são indicativos de nefropatia diabética, o que significa que a glicose no sangue está muito alta.

Candidíase recorrente ou sapinho na boca: O diabetes tipo 2 também pode causar vários tipos de infecções que vão e voltam. Isso porque a glicose alta impede que o corpo se cure.

Sintomas de diabetes gestacional

A maioria das mulheres com diabetes gestacional não tem sintomas.

Na maioria das vezes, um exame de sangue de rotina detecta a glicose alta. Normalmente esse exame é feito entre a 24ª e a 28ª semana de gravidez.

Agora, um sintoma de diabetes gestacional raro é o aumento da sede e também da micção.

Fontes:

Gostou do artigo? Compartilhe!

1 comentário em “Sintomas de Diabetes: Tipo 1, Tipo 2 e Gestacional”

  1. Pingback: Covid Pode Causar Diabetes Tipo 1 – Diz Estudo | Fala Sério Diabetes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *