Pular para o conteúdo
Início » Para que Serve o Medicamento Glipizida?

Para que Serve o Medicamento Glipizida?

Para que serve o medicamento Glipizida?

Glipizida é um remédio para baixar a glicose em diabéticos tipo 2. O nome genérico é glipizida, e o comercial Minidiab. O comprimido tomado uma vez ao dia. Existem muitas classes de medicamentos para diabetes tipo 2. A glipizida está na classe das sulfonilureias.

A insulina, produzida pelo pâncreas faz com que a glicose entre na célula para então ser metabolizada. Medicamentos da classe de sulfonilureias, como o glipizida, funcionam ajudando o pâncreas a liberar insulina depois da refeição.

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Para que serve glipizida?

A glipizida serve para o tratamento do diabetes tipo 2. Ele pode ser usado em conjunto com outros medicamentos para o diabetes tipo 2 ou sozinho. Além disso, pode ser o primeiro medicamento prescrito por seu médico logo que confirmado o diagnóstico de diabetes tipo 2.

Como tomar

O medicamento vem em duas formulações. A glipizida pode ser de liberação imediata ou de liberação prolongada. A versão de ação prolongada é tomado apenas uma vez ao dia. Assim a liberação do medicamento é mais lenta.

A versão de liberação imediata começa a fazer efeito muito rapidamente, menos de uma hora depois de tomar. Entretanto a versão de liberação prolongada funciona por mais tempo e não começa a agir tão rapidamente quanto a de liberação imediata.

Liberação imediata

  • Você pode começar tomando este medicamento apenas uma vez ao dia e depois passar para duas vezes ao dia, pois ele é eliminado mais rapidamente.
  • Tome 30 minutos antes do café da manhã.
  • Se você tiver problemas para engolir comprimidos, então você pode esmagar o comprimido antes de tomar. Use um triturador de comprimidos ou esmague em uma tigela com uma colher. Depois disso, misture o medicamento com uma pequena quantidade de suco ou água.

Liberação lenta ou prolongada

  • Tome imediatamente antes do café da manhã.
  • Nunca mastigue ou esmague ou divida os comprimidos de liberação prolongada. Pois isso impedirá que o comprimido seja liberado lentamente ao longo do dia. Então, tome os comprimidos inteiros.

Efeitos colaterais

Esta não é uma lista completa de efeitos colaterais, dessa forma outros podem ocorrer. Seu médico, certamente pode informar melhor sobre os efeitos colaterais. Se sentir outros efeitos, então fale com seu médico.

Efeitos colaterais comuns:

Alguns efeitos colaterais mais comuns do medicamento glipizida são:

  • Diarreia
  • Flatulência ou gases
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Cansaço ou redução da energia
  • Tremor ou tremedeiras
  • Reações cutâneas, como por exemplo: erupção cutânea, urticária ou bolhas

Efeitos colaterais graves:

  • Hipoglicemia é quando a glicose está abaixo de 70mg/dL. Os sintomas podem incluir sudorese ou ritmo cardíaco acelerado ou tremores ou tonturas.
  • Leucopenia ou agranulocitose (baixa contagem de glóbulos brancos), além disso trombocitopenia (baixa contagem de plaquetas), todos os quais precisariam ser determinados por testes de laboratório solicitados pelo seu médico
  • Ligue para o seu médico imediatamente se sentir efeitos colaterais graves. Igualmente ligue para o Samu se os sintomas tem risco de vida ou se você achar que está tendo uma emergência.

Efeitos colaterais de longo prazo

Algumas pessoas que tomam glipizida por muito tempo podem então perder gradualmente sua resposta ao medicamento. Isso significa que o medicamento pode não baixa a glicose tanto quanto quando você começou a tomar. Se isso ocorrer, seu médico provavelmente mudará para outro medicamento que funcione melhor.

Perguntas frequentes

Isenção de responsabilidade:

As informações sobre os medicamentos são apenas a fins educacionais e dessa forma não pretendem substituir a consulta médica, diagnóstico ou tratamento. Consulte o seu médico antes de tomar qualquer novo medicamento(s).

Foto de Polina Tankilevitch no Pexels

LEIA TAMBÉM:

Fontes:

  1. Food and Drug Administration. Glucotrol (glipizide) package insert.
  2. Sola D, Rossi L, Schianca GP, et al. Sulfonylureas and their use in clinical practiceArch Med Sci. 2015;11(4):840-848.
  3. Khan MAB, Hashim MJ, King JK, Govender RD, Mustafa H, Al Kaabi J. Epidemiology of Type 2 Diabetes – Global Burden of Disease and Forecasted TrendsJ Epidemiol Glob Health. 2020;10(1):107-111. doi:10.2991/jegh.k.191028.001
  4. Food and Drug Administration. Glucotrol XL (glipizide extended release) package insert.
  5. National Institutes of Health. U.S. National Library of Medicine. Medline Plus. Glipizide.

Deixe uma resposta

Coloque o código a seguir na página AMP (por exemplo, no footer/rodapé):
%d blogueiros gostam disto: