Pular para o conteúdo
Início » O Que é Hipoglicemia?

O Que é Hipoglicemia?

o que é hipoglicemia

O que é hipoglicemia ou glicose baixa no sangue?

A glicose baixa no sangue, ou hipoglicemia, é quando os níveis de glicose caem abaixo de 70 mg / dL. A glicose baixa sangue desencadeia a liberação de epinefrina. Também conhecida como adrenalina, um hormônio que pode causar os sintomas de hipoglicemia.

Tempo estimado de leitura: 9 minutos

Sintomas de hipoglicemia

Cada pessoa pode reagir à hipoglicemia de forma diferente. Os sintomas de hipoglicemia podem ser leves ou graves:

  • Tremores
  • Nervosismo ou ansiedade
  • Suor ou calafrios ou excesso de umidade
  • Irritabilidade ou impaciência
  • Confusão mental
  • Batimento cardíaco rápido ( taquicardia )
  • Tontura ou desmaio
  • Fome
  • Náusea
  • Palidez
  • Sonolência
  • Fraqueza ou falta de energia
  • Visão turva ou prejudicada
  • Formigamento ou dormência nos lábios ou língua ou bochechas
  • Dores de cabeça
  • Falta de coordenação motora
  • Pesadelos ou choro durante o sono
  • Convulsões

Se o seu nível de glicose no sangue está baixo e continua caindo, seu cérebro não tem glicose suficiente e para de funcionar corretamente. Isso então pode causar visão turva, dificuldade de concentração, confusão, fala arrastada, bem como dormência e sonolência.

Tratamentos para hipoglicemia

O principal tratamento para uma hipoglicemia leve é a regra dos 15 / 15. Ajuda a elevar lentamente o nível de glicose no sangue.

Mas atenção, não coma açúcar para aumentar a glicose no sangue.

Pois isso pode sair pela culatra, fazendo com que a glicose no sangue suba rapidamente. Em vez disso, de acordo com a regra 15-15, você deve comer 15 gramas de carboidratos para aumentar o glicose e verificar a glicose 15 minutos depois.

Se ainda assim estiver abaixo de 70 mg / dL, tome outra porção.

O que comer quando a glicose está baixa?

Alimentos que contêm 15 mg de carboidratos são:

  • Comprimidos de glicose
  • Gel de glicose
  • 1/2 xícara de suco ou refrigerante normal
  • 1 colher de sopa de glicose ou mel ou xarope de milho
  • Doces, como por exemplo: balas de goma ou goma de mascar (verifique o rótulo)

Os carboidratos complexos ou alimentos que contêm gorduras junto com os carboidratos (como chocolate por exemplo) podem retardar a absorção de glicose e não devem ser usados ​​para tratar uma crise de hipoglicemia em emergência.

Assim acompanhe os sintomas e episódios de hipoglicemia e informe o seu médico. Se você estiver sentindo sintomas graves ou que não melhoram com o tratamento, então ligue para o seu médico ou para o SAMU imediatamente.

Prevenção da hipoglicemia

Monitorar a glicose no sangue é o método testado e comprovado para prevenir a hipoglicemia.

Quanto mais se verifica a glicose, então menor é o risco de hipoglicemia.

Isso ocorre porque você pode ver quando a glicose está caindo. E dessa forma tratar antes que fique muito baixo.

Se você tem diabetes, então verifique a glicose no sangue nos seguintes horários:

  • Antes e depois das refeições
  • Antes e depois do exercício (ou durante, se for uma sessão longa ou intensa)
  • No meio da noite, após exercício intenso
  • Antes de dormir

Você deve verificar a glicose no sangue com mais frequência se tiver feito certas alterações. Como uma nova rotina uso de insulina, ou horário de trabalho diferente ou aumento na atividade física ou viajar em fusos horários diferentes.

Hipoglicemia em pessoas não diabéticas

A glicose baixa no sangue em pessoas não diabéticas são consideradas muito mais raras do que em diabéticos. Mas mesmo assim pode ocorrer por vários motivos.

O que causa hipoglicemia em pessoas não diabéticas

Existem dois tipos de hipoglicemia não diabética: hipoglicemia reativa e hipoglicemia de jejum.

A hipoglicemia reativa, também chamada de hipoglicemia pós-prandial, ocorre após uma refeição, geralmente algumas horas depois.

As possíveis causas de hipoglicemia reativa são:
  • Pré- diabetes ou alto risco de diabetes
  • Cirurgia do estômago, que pode fazer com que os alimentos passem muito rapidamente para o intestino delgado
  • Deficiências enzimáticas raras que tornam difícil para seu corpo quebrar os alimentos
Por outro lado, a hipoglicemia de jejum pode ser causada por: 
  • Certos medicamentos, como salicilatos (incluindo aspirina ), sulfa drogas (um antibiótico), pentamidina (para tratar um tipo grave de pneumonia) e quinino (para tratar a malária)
  • Álcool, especialmente com consumo excessivo de álcool
  • Doenças graves, como as que afetam o fígado, o coração ou os rins
  • Níveis baixos de certos hormônios, como cortisol ou hormônio do crescimento ou glucagon ou epinefrina
  • Tumores, como um tumor no pâncreas , que produz insulina
  • Outra causa incomum é a síndrome de dumping , que faz com que o corpo libere o excesso de insulina após uma refeição rica em carboidratos.

Tratamento da glicose baixa em pessoas não diabéticas

Para pessoas sem diabetes, o tratamento depende da causa da hipoglicemia.

Por exemplo, se você tiver um tumor que está causando sua hipoglicemia, pode ser necessário fazer uma cirurgia.

Mas se o medicamento for a causa, você precisará trocar os medicamentos.

Para tratar a glicose baixa imediatamente, então coma ou beba 15 gramas de carboidratos.

Um episódio de hipoglicemia reativa pode ser um sinal de que a pessoa tem ou pode desenvolver diabetes. Dessa forma você deve procurar um médico para fazer exames de sangue.

Se a glicose no sangue permanecer baixa por muito tempo, deixando o cérebro sem glicose, então pode causar convulsões, coma e, muito raramente, morte.

Estudos demonstraram que a maioria das pessoas desconhecem os sintomas e a gravidade da hipoglicemia.

Um estudo mostrou que 75% dos episódios de hipoglicemia detectados por um monitor contínuo de glicose não foram reconhecidos pelos pacientes.

Glicose baixa em diabéticos

Pessoas com diabetes precisam verificar a glicose no sangue com frequência e ter hábitos saudáveis ​​para controlar o diabetes.

Infelizmente, as quedas de glicose no sangue podem acontecer por motivos fora do seu controle.

O que causa hipoglicemia em diabéticos?

O baixo nível de glicose no sangue é comum em pessoas que vivem com diabetes tipo 1 , mas também pode ocorrer em pessoas com diabetes tipo 2 que estão tomando insulina ou certos medicamentos.

O diabético tipo 1 pode ter até dois episódios sintomáticos de glicose baixa por semana. 

As causas comuns de quedas de glicose diabéticos são: excesso de insulina ou uma dieta desequilibrada.

Como os medicamentos para diabetes são usados para baixar a glicose, então pode baixar muito a glicose e causar hipoglicemia.

Da mesma forma tomar o tipo errado de insulina ou aplicar no músculo (em vez de sob a pele) também pode baixar a glicose.

Se o diabético não está come bem ou reduz muito a ingestão de glicose, então a glicose baixa. Além disso a falta de carboidratos ou comer alimentos com poucos carboidratos do que o normal, sem reduzir a quantidade de insulina, pode causar a hipoglicemia.

O tempo de aplicação da insulina com base no consumo de carboidratos serem líquidos ou sólidos também pode afetar os níveis de glicose no sangue.

Os líquidos são absorvidos muito mais rápido do que os sólidos, portanto, pode ser difícil sincronizar a dose de insulina para a absorção da glicose dos alimentos. Além disso o tipo de alimentação; a quantidade de gordura, proteína e fibra, igualmente pode afetar a absorção dos carboidratos.

Dicas para manter o glicose no sangue estável

A melhor maneira controlar o diabetes é a sua dieta, medicamentos, mas principalmente seu estilo de vida.

Seu médico pode diagnosticar qualquer doença subjacente, ajustar ou alterar seus medicamentos bem como indicar as melhores formas de prevenir a hipoglicemia.

As dicas que se aplicam a todos para manter a glicose estável são:

  • Fazer uma dieta balanceada
  • Acompanhar alimentos e sintomas
  • Ficar ativo fisicamente
  • Reduzir o estresse
  • Tratando as doenças subjacentes
  • Testando o glicose no sangue nos horários certos
  • Manter-se hidratado
  • Controlando o tamanho das refeições
  • Dormir o suficiente

Diabéticos tem mais dificuldade para controlar a glicose, mas é possível se manter saudável.

Resumo

Pessoas com diabetes e sem diabetes podem sofrer glicose baixa, mas por razões diferentes.

Monitorar a glicose é certamente a melhor forma para prevenir a glicose baixa se você é diabético.

Mas se você não tem diabetes, converse com seu médico para descobrir o que pode estar causando a queda de glicose e o que você precisa fazer.

Fontes:

  1. American Diabetes Association. Disponível em: Hypoglycemia (low blood sugar. Acesso em 5 Jul. 2021
  2. Östenson CG, Geelhoed-Duijvestijn P, Lahtela J, Weitgasser R, Markert Jensen M, Pedersen-Bjergaard U. Disponível em: Self-reported non-severe hypoglycaemic events in EuropeDiabet Med. 2014;31(1):92-101. doi:10.1111/dme.12261. Acesso em 5 Jul. 2021
  3. Hormone Health Network. Disponível em: Non-diabetic hypoglycemia. 2020. Acesso em 5 Jul. 2021
Coloque o código a seguir na página AMP (por exemplo, no footer/rodapé):
Marcações:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: