O que é Dermopatia diabética

O que é Dermopatia Diabética?

Gostou do artigo? Compartilhe!

Dermopatia diabética

A dermopatia diabética é uma doença de pele que aparece na parte inferior das pernas em pessoas com diabetes. As pessoas chamam de manchas de diabetes.

As manchas podem ir e vir com o tempo e geralmente não causam sintomas. Embora não haja um tratamento específico para controlar a dermopatia diabética, o controle cuidadoso do diabetes pode ajudar a prevenir esta e outras complicações.

Continue lendo para aprender mais sobre as causas, sintomas e tratamento da dermopatia diabética.

  1. O que causa dermopatia diabética?
  2. Sintomas de dermopatia diabética
  3. Dermopatia diabética tratamento
  4. Como evitar as manchas de diabetes?
  5. Conclusão

O que causa dermopatia diabética?

A dermopatia diabética é comum em pessoas com diabetes. As estimativas variam, mas uma pesquisa no British Journal of Diabetes and Vascular Disease observa que até 55% das pessoas com diabetes podem ter essas lesões de pele.

As manchas são mais comuns em pessoas com mais de 50 anos e naquelas com diabetes há mais tempo.

Outra pesquisa mostra que a as manchas são mais comum nos homens do que nas mulheres. Não é contagioso, o que significa que não passa de uma pessoa para outra.

A American Diabetes Association observa que o diabetes pode causar alterações em pequenos vasos sanguíneos e que essas alterações podem levar a problemas de pele, como dermopatia diabética.

No entanto, a causa exata das lesões que causam a dermopatia diabética é desconhecida. Os pesquisadores tem várias teorias para explicar sua aparência, incluindo dano térmico à área, cicatrização mais lenta de feridas devido à diminuição do fluxo sanguíneo na região e degeneração do nervo.

Também pode haver ligações entre a dermopatia diabética e outras complicações do diabetes.

Por exemplo, um artigo de revisão observa que a pesquisa mostrou que pessoas com dermopatia diabética têm uma chance significativamente maior de desenvolver danos aos olhos, nervos ou rins do que aqueles sem essa condição. Os autores reconhecem que outras pesquisas contradizem esses resultados, no entanto.

Apesar das descobertas de pesquisas mistas, os médicos podem ver a dermopatia diabética como um possível indicador de outros problemas de saúde e verificar a pessoa quanto a eles.

Sintomas de dermopatia diabética

Sintomas de dermopatia diabética

A dermopatia diabética pode aparecer espontaneamente como manchas pigmentadas de pele nas canelas, geralmente em ambas as pernas.

As manchas podem ser inicialmente ligeiramente rosadas, castanhas ou roxas e podem ser um pouco escamosas ao toque. As manchas podem aparecer recortadas, com uma ligeira queda no centro.

Depois de algum tempo, as manchas progridem e tornam-se marrons e redondas ou ovais. Elas têm normalmente menos de 1 centímetro (cm) de diâmetro, mas podem medir até 2,5 cm. Elas podem se parecer com manchas senis ou manchas de envelhecimento , especialmente se aparecerem em grupos.

Em casos raros, a dermopatia diabética também pode aparecer em outras áreas do corpo, como na parte superior das coxas ou nos antebraços ou nas laterais dos pés.

A dermopatia diabética é inofensiva e não causa sintomas ou dor . Portanto, manchas na pele que estão queimando, formigando ou com coceira podem ser um sinal de outra doença de pele .

Dermopatia diabética tratamento

Dermopatia diabética tratamento

Não existe um tratamento específico para a dermopatia diabética. Como as manchas em si são inofensivas e assintomáticas, o tratamento é desnecessário.

As manchas geralmente somem sem tratamento, embora o tempo de para desaparecer possa variar entre as pessoas.

Se uma pessoa não gosta da aparência das manchas, pode cobri-las com maquiagem. Para as manchas secas ou escamosas na pele, o uso de hidratante pode ajudar a aliviar os sintomas e impedir a progressão das lesões.

A pesquisa sugere que a aplicação de loções contendo ingredientes como colágeno ou glicerina pode tornar as alterações no tom da pele menos visíveis.

Como evitar as manchas de diabetes?

Como os médicos e especialistas não entendem totalmente o que causa a dermopatia diabética, não há maneira conhecida de evitá-la completamente.

No entanto, se uma pessoa perceber que as manchas aparecem depois de ferimentos na área, deve encontrar maneiras de evitar ferimentos. Por exemplo, você pode usar um acolchoamento nas áreas do corpo que podem bater nos móveis da casa ou outros objetos que machuquem.

Ter o diabetes controlado é fundamental para reduzir o risco de complicações . O controle do diabetes pode ajudar a prevenir problemas graves , como lesões oculares, nervosas e renais.

Embora o controle do diabetes não tenha efeito sobre as lesões já existentes, pode ajudar a prevenir que lesões futuras se desenvolvam.

Conclusão:

A dermopatia diabética são pequenas manchas descoloridas que aparecem na parte inferior das pernas, mais nas pessoas com diabetes.

Não há causa conhecida, mas as manchas geralmente não causam dor e desaparecem sem tratamento.

Você pode prevenir a dermopatia diabética e outras complicações do diabetes controlando o diabetes com cuidado.

LEIA TAMBÉM:

Gostou do artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *