Dieta de baixo índice glicêmico reduz doenças cardíacas em diabéticos

Dieta de baixo índice glicêmico reduz doenças cardíacas em diabéticos – Diz Estudo

Gostou do artigo? Compartilhe!

Estudo da Universidade de Toronto, Canadá, confirma que a dieta de baixo índice glicêmico é melhor para o diabético

Uma dieta de baixo índice glicêmico resulta em pequenas, mas importantes melhorias nos fatores de risco cardiometabólico ( doenças cardíacas ), incluindo menores níveis de glicose no sangue e redução do peso corporal, em diabéticos, de acordo com um estudo da Universidade de Toronto que analisou vários ensaios clínicos.

As melhorias foram evidentes além do uso de medicamentos ou de insulina, o estudo sugere que uma dieta de baixo índice glicêmico pode ser feita como um tratamento complementar para ajudar as pessoas com diabetes regular a glicose.

O que é índice glicêmico?

O índice glicêmico (IG) avalia a rapidez com que diferentes alimentos afetam os níveis de glicose no sangue. Por exemplo: pães brancos e alimentos altamente processados ​​têm alta carga glicêmica, enquanto alimentos integrais, vegetais e frutas tendem tem uma taxa mais baixa.

O índice glicêmico foi desenvolvido pelo professor David Jenkins da Universidade do Texas e colegas na década de 1980. Ele e outros pesquisadores demonstraram que os alimentos com baixo IG, que incluem frutas e vegetais, bem como muitas leguminosas e alimentos integrais, podem ajudar a manter a glicose no sangue estável ​​e reduzir o risco de doenças cardíacas em diabéticos.

“Modificações na dieta e no estilo de vida são fundamentais para o controle do diabetes, mas para pacientes que precisam de insulina ou outros medicamentos, a dieta de baixo IG é melhor para o controle da glicose no sangue, bem como do colesterol, peso e  de inflamação”, disse John Sievenpiper , um professor do departamento de ciências da nutrição e medicina da Faculdade de Medicina da Universidade Temerty da Universidade de Toronto e o principal pesquisador do estudo.

Alimentos com baixo índice glicêmico

  • Pão integral, pão multigrãos, pão de centeio
  • Aveia e farelo de trigo
  • Frutas: maçãs, morangos, damascos, pêssegos, ameixas, peras, kiwi, tomates e muito mais
  • Legumes: cenoura, brócolis, couve-flor, aipo, abobrinha e muito mais
  • Vegetais com amido : batata-doce, milho, inhame, abóbora
  • Legumes: lentilhas, grão de bico, feijão cozido, feijão manteiga, feijão vermelho e todo tipo de feijão
  • Macarrão integral e  macarrão de arroz integral
  • Arroz integral, basmati, Doongara, e marrom
  • Grãos: quinoa, cevada, cuscuz pérola, trigo sarraceno
  • Laticínios e substitutos lácteos : leite, queijo, iogurte, leite de coco, leite de soja, leite de amêndoa

O estudo

Dieta de baixo índice glicêmico reduz doenças cardíacas em diabéticos
Pesquisadores Laura Chiavaroli e John Sievenpiper

O estudo, publicado na revista The BMJ , incluiu mais de 1.600 participantes com diabetes tipo 1 ou 2. Mais de duas dúzias de ensaios clínicos randomizados analisaram o efeito das dietas de baixo índice glicêmico no diabetes. Os participantes eram em sua maioria de meia-idade, com sobrepeso ou obesos, com diabetes tipo 2 moderadamente controlado e tratados com medicamentos ou insulina.

Os pesquisadores observaram reduções nos fatores de risco, como glicose em jejum, colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL/ruim), triglicerídeos, peso corporal, pressão arterial e proteína C reativa (uma substância que causa inflamação no corpo), mas não teve alterações nos níveis de insulina no sangue, colesterol HDL ou redução da circunferência da cintura.

“Concluímos que a dieta de baixo índice glicêmico causa uma redução importante do risco de grandes eventos cardiovasculares, a principal causa de morte em pessoas com diabetes”, disse Sievenpiper, que também é médico da equipe e cientista do Hospital St. Michael’s, Unity Health Toronto . “Portanto os pacientes diabéticos devem adotar uma dieta com alimentos de baixo IG.”

O tratamento do diabetes em todo o mundo recomenda uma dieta de alimentos de baixo IG, embora a última diretriz de tratamento da Associação Europeia para o Estudo do Diabetes tenha mais de 15 anos, os pesquisadores continuam estudando os efeitos da dieta no controle do diabetes.

A conclusão do estudo

Os pesquisadores, incluindo a primeira autora e pós-doutoranda Laura Chiavaroli , descobriram que a dieta de baixo IG é mais eficiente para a redução da glicemia do que outros tipos de dieta, como a dieta da proteína ou dieta cetogenica.

Leia também: Diabético pode fazer dieta cetogenica?

Concluindo, os pesquisadores e as evidências cientificas do estudo apoiam a dieta de baixo IG no controle do diabetes.

O estudo foi financiado pelo Grupo de Estudos de Diabetes e Nutrição da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes, os Institutos Canadenses de Pesquisa em Saúde, a Fundação do Canadá para a Inovação e o Fundo de Pesquisa de Ontário do Ministério de Pesquisa e Inovação.

O estudo atualmente é o mais abrangente e ajudará na atualização das diretrizes da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes.

Fontes: Universidade de Toronto

 

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

BAIXE GRÁTIS

Preencha o Formulário Abaixo para Receber seu e-book

O campo SMS deve conter entre 6 e 19 dígitos e incluir o código do país sem usar +/0 (por exemplo: 1xxxxxxxxxx para os Estados Unidos)
?

Clique no botão abaixo para receber seu e-book. Um e-mail de confirmação será enviado para você. Verifique sua caixa de entrada, caso não receba, veja sua caixa de SPAM e marque nosso contato como seguro.

Ou baixe via WhatsApp

Leia também:

Gostou do artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *