Pular para o conteúdo
Início » Dieta de baixo índice glicêmico reduz doenças cardíacas em diabéticos – Diz Estudo

Dieta de baixo índice glicêmico reduz doenças cardíacas em diabéticos – Diz Estudo

Dieta de baixo índice glicêmico reduz doenças cardíacas em diabéticos

Estudo da Universidade de Toronto, Canadá, confirma que a dieta de baixo índice glicêmico é melhor para o diabético

Uma dieta de baixo índice glicêmico resulta em pequenas, mas importantes melhorias nos fatores de risco cardiometabólico ( doenças cardíacas ), incluindo menores níveis de glicose no sangue e redução do peso corporal, em diabéticos, de acordo com um estudo da Universidade de Toronto que analisou vários ensaios clínicos.

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

As melhorias foram evidentes além do uso de medicamentos ou de insulina, o estudo sugere que uma dieta de baixo índice glicêmico pode ser feita como um tratamento complementar para ajudar as pessoas com diabetes regular a glicose.

O que é índice glicêmico?

O índice glicêmico (IG) avalia a rapidez com que diferentes alimentos afetam os níveis de glicose no sangue. Por exemplo: pães brancos e alimentos altamente processados ​​têm alta carga glicêmica, enquanto alimentos integrais, vegetais e frutas tendem tem uma taxa mais baixa.

O índice glicêmico foi desenvolvido pelo professor David Jenkins da Universidade do Texas e colegas na década de 1980. Ele e outros pesquisadores demonstraram que os alimentos com baixo IG, que incluem frutas e vegetais, bem como muitas leguminosas e alimentos integrais, podem ajudar a manter a glicose no sangue estável ​​e reduzir o risco de doenças cardíacas em diabéticos.

“Modificações na dieta e no estilo de vida são fundamentais para o controle do diabetes, mas para pacientes que precisam de insulina ou outros medicamentos, a dieta de baixo IG é melhor para o controle da glicose no sangue, bem como do colesterol, peso e  de inflamação”, disse John Sievenpiper , um professor do departamento de ciências da nutrição e medicina da Faculdade de Medicina da Universidade Temerty da Universidade de Toronto e o principal pesquisador do estudo.

Alimentos com baixo índice glicêmico

  • Pão integral, pão multigrãos, pão de centeio
  • Aveia e farelo de trigo
  • Frutas: maçãs, morangos, damascos, pêssegos, ameixas, peras, kiwi, tomates e muito mais
  • Legumes: cenoura, brócolis, couve-flor, aipo, abobrinha e muito mais
  • Vegetais com amido : batata-doce, milho, inhame, abóbora
  • Legumes: lentilhas, grão de bico, feijão cozido, feijão manteiga, feijão vermelho e todo tipo de feijão
  • Macarrão integral e  macarrão de arroz integral
  • Arroz integral, basmati, Doongara, e marrom
  • Grãos: quinoa, cevada, cuscuz pérola, trigo sarraceno
  • Laticínios e substitutos lácteos : leite, queijo, iogurte, leite de coco, leite de soja, leite de amêndoa

O estudo

Dieta de baixo índice glicêmico reduz doenças cardíacas em diabéticos
 Pesquisadores Laura Chiavaroli e John Sievenpiper

O estudo, publicado na revista The BMJ , incluiu mais de 1.600 participantes com diabetes tipo 1 ou 2. Mais de duas dúzias de ensaios clínicos randomizados analisaram o efeito das dietas de baixo índice glicêmico no diabetes. Os participantes eram em sua maioria de meia-idade, com sobrepeso ou obesos, com diabetes tipo 2 moderadamente controlado e tratados com medicamentos ou insulina.

Os pesquisadores observaram reduções nos fatores de risco, como glicose em jejum, colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL/ruim), triglicerídeos, peso corporal, pressão arterial e proteína C reativa (uma substância que causa inflamação no corpo), mas não teve alterações nos níveis de insulina no sangue, colesterol HDL ou redução da circunferência da cintura.

“Concluímos que a dieta de baixo índice glicêmico causa uma redução importante do risco de grandes eventos cardiovasculares, a principal causa de morte em pessoas com diabetes”, disse Sievenpiper, que também é médico da equipe e cientista do Hospital St. Michael’s, Unity Health Toronto . “Portanto os pacientes diabéticos devem adotar uma dieta com alimentos de baixo IG.”

O tratamento do diabetes em todo o mundo recomenda uma dieta de alimentos de baixo IG, embora a última diretriz de tratamento da Associação Europeia para o Estudo do Diabetes tenha mais de 15 anos, os pesquisadores continuam estudando os efeitos da dieta no controle do diabetes.

A conclusão do estudo

Os pesquisadores, incluindo a primeira autora e pós-doutoranda Laura Chiavaroli , descobriram que a dieta de baixo IG é mais eficiente para a redução da glicemia do que outros tipos de dieta, como a dieta da proteína ou dieta cetogenica.

Leia também: Diabético pode fazer dieta cetogenica?

Concluindo, os pesquisadores e as evidências cientificas do estudo apoiam a dieta de baixo IG no controle do diabetes.

O estudo foi financiado pelo Grupo de Estudos de Diabetes e Nutrição da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes, os Institutos Canadenses de Pesquisa em Saúde, a Fundação do Canadá para a Inovação e o Fundo de Pesquisa de Ontário do Ministério de Pesquisa e Inovação.

O estudo atualmente é o mais abrangente e ajudará na atualização das diretrizes da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes.

Fontes: Universidade de Toronto

Coloque o código a seguir na página AMP (por exemplo, no footer/rodapé):

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: