diabético pode tomar ibuprofeno

Diabético pode Tomar Ibuprofeno?

Gostou do artigo? Compartilhe!

Os medicamentos de venda livre são baratos e fáceis de comprar, mas se você tem diabetes , pode estar se perguntando se o diabético pode tomar ibuprofeno. Por exemplo, quase metade de todos os adultos com diabetes tem artrite se surge a dúvida pode tomar ibuprofeno para aliviar a dor nas articulações.

Até certo ponto, isso dependerá dos tipos de outros medicamentos que você está tomando para o diabetes, junto com outras complicações do diabetes.

Quem tem diabetes pode tomar ibuprofeno?

A saúde de seus rins pode, na verdade, ser um dos maiores fatores para ajudá-lo a decidir quais medicamentos anti-inflamatórios tomar.

Independentemente do tipo de diabetes que você tem, se você tiver doença renal, é provável que seu médico recomende que você evite tomar ibuprofeno. Pois pode causar insuficiência renal aguda.

Se você tem diabetes tipo 1

A idade máxima para o diagnóstico de diabetes tipo 1 é cerca de 13 ou 14 anos.

Isso significa que as pessoas com diabetes tipo 1 vão viver com a doença pelo resto das suas vidas. Com o tempo, a glicose descontrolada pode causar danos aos rins, chamada de nefropatia diabética.

Doença renal crônica

Se você desenvolver doença renal crônica , seus rins não conseguirão mais filtrar as substâncias do sangue. Enquanto isso, tomar medicamentos de venda livre como o ibuprofeno por um longo período de tempo ou em altas doses também pode causar danos aos rins.

Converse com seu médico antes de tomar ibuprofeno e se é seguro tomar, mesmo que ocasionalmente.

Hipoglicemia

Outra preocupação a ser considerada se você tem diabetes tipo 1 é a hipoglicemia . O ibuprofeno têm um efeito hipoglicêmico quando administrados em grandes doses.

Embora não seja um problema típico, se você já está predisposto a desenvolver hipoglicemia, consulte seu médico para saber se pode usar ibuprofeno e qual a dosagem.

Seu médico também pode recomendar que você verifique sua glicose no sangue com seu monitor de glicose no sangue com mais freqüência se você estiver doente e tomando algum medicamento. Estar doente pode fazer a glicose variar mais do que o normal.

Se você tem diabetes tipo 2

Existem alguns fatores que você deve considerar se você tem diabetes tipo 2 e está se perguntando se pode tomar ibuprofeno para dor de cabeça, dor nas costas ou febre.

Uso de metformina

Muitas pessoas com diabetes tipo 2 tomam metformina para controlar o diabetes. A metformina pertence a uma classe de medicamentos conhecida como biguanidas.

Metformina diminui a quantidade de glicose o seu fígado produz e a quantidade de glicose que você absorve dos alimentos que ingere. Ela também tem alguns efeitos anti-inflamatórios. Algumas pesquisas sugerem que a metformina pode interagir com o ibuprofeno e outros analgésicos.

Um estudo de 2017 sugeriu que eles realmente interagiram “sinergicamente” e que doses mais baixas de ibuprofeno seriam adequadas para uma pessoa que já toma metformina para ter o alívio da dor. Mas esse estudo foi realizado com animais e mais pesquisas são necessárias.

Doença renal crônica

Você também deve evitar o uso de ibuprofeno se tiver doença renal. Uma grande retrospectiva de estudos publicado em 2014, descobriu que pessoas com diabetes tipo 2 que tomaram ibuprofeno por pelo menos 90 dias tinham maior probabilidade de desenvolver doença renal crônica do que pessoas que não tomaram.

Hipoglicemia

A hipoglicemia também pode ser uma preocupação para os diabéticos tipo 2. Pesquisas sugerem que pessoas que estão fazendo tratamento com sulfonilureias, que é usado para estimular as células beta do pâncreas a liberarem mais insulina, podem maior risco de hipoglicemia.

Uma vez que as sulfonilureias podem potencialmente baixar a glicose no sangue, o ibuprofeno pode agravar o efeito.

Qual analgésico o diabético pode tomar?

Se você é diabético e está com receio de tomar ibuprofeno, você pode estar se perguntando qual analgésico o diabético pode tomar.

O paracetamol pode ser uma opção segura.

Ao contrário do ibuprofeno, o paracetamol não é um anti-inflamatório não esteróide ( AINE ). É um analgésico que combate a dor, não a inflamação, e alguns médico recomendam tomar paracetamol em vez de AINEs se você tiver doença renal crônica.

Um estudo de 2019 descobriu a possibilidade de um maior risco de acidente vascular cerebral entre os diabéticos que tomaram paracetamol. O estudo examinou dados de mais de 5.400 idosos que vivem e executou seis modelos computadorizados.

Os pesquisadores descobriram que, em geral, o paracetamol em níveis baixos de dosagem terapêutica parecia ser seguro. Mas um dos seis modelos encontrou um aumento significativo no risco de derrame entre os idosos com diabetes e pediu mais pesquisas sobre o uso de paracetamol em idosos com diabetes.

Em caso de dúvida sobre qual analgésico você pode tomar, fale com seu médico.

Conclusão:

Em última análise, é uma boa ideia conversar com seu médico sobre quais analgésicos ou anti-inflamatórios são os melhores para você.

Você deve sempre informar ao médico sobre outras condições que tenha ou medicamentos que esteja tomando para saber qual analgésico é seguro e que quantidade tomar, quando necessário.

Fotos de banco de imagens por Vecteezy

Baixe grátis o e-book com 25 alimentos para diabéticos:

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

BAIXE GRÁTIS

Preencha o Formulário Abaixo para Receber seu e-book

O campo SMS deve conter entre 6 e 19 dígitos e incluir o código do país sem usar +/0 (por exemplo: 1xxxxxxxxxx para os Estados Unidos)
?

Clique no botão abaixo para receber seu e-book. Um e-mail de confirmação será enviado para você. Verifique sua caixa de entrada, caso não receba, veja sua caixa de SPAM e marque nosso contato como seguro.

Ou baixe via WhatsApp

Fontes:

Gostou do artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *