Pular para o conteúdo
Início » Diabético pode Comer Tangerina?

Diabético pode Comer Tangerina?

diabético pode comer tangerina

A American Diabetes Association recomenda que o diabético coma sempre frutas, legumes e vegetais, mas você pode estar em dúvida se diabético pode ou não comer tangerina. É o que vamos investigar nesse artigo.

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Anteriormente, um estudo de 2011 descobriu que a tangerina pode reduzir o risco de ataques cardíacos, diabetes tipo 2 e derrames. Pesquisadores da Universidade de Western Ontario, no Canadá, mostraram que o flavonoide Nobiletin da fruta pode tem uma série de benefícios para a saúde. Além disso pode ajudar contra a obesidade. [ 1 ]

A tangerina comum, também conhecida como tangerina Citrus reticulate Blanco ou Ponkan, é o tipo mais comum. Cultivado em climas temperados a tropicais, como na China, Brasil, Espanha e Filipinas.

Bem, antes de descobrir se realmente o diabético pode comer tangerina, vamos explorar os benefícios dessa fruta cítrica, parente próxima da laranja.

Tabela nutricional da tangerina

Uma tangerina média (88 gramas) contém os seguintes nutrientes [ 2 ]:

  • Calorias: 47
  • Carboidratos: 12 gramas
  • Proteína: 0,7 gramas
  • Gordura: 0,3 gramas
  • Fibra: 2 gramas
  • Vitamina C: 26% do valor diário VDR
  • Magnésio: 2,5% do VDR
  • Potássio: 3% do VDR
  • Cobre: ​​4% do VDR
  • Ferro: quase 1% do VDR

Benefícios da tangerina

  • Rica em antioxidantes. Os flavonoides são um tipo de antioxidantes que defende o corpo contra os radicais livres, que causam a oxidação. A oxidação causa o envelhecimento precoce e doenças como câncer e doenças cardíacas. [ 3, 4, 5 ]
  • Aumenta a imunidade. Devido ao alto teor de vitamina C, a tangerina fortalece o sistema imunológico. Por isso, comer tangerina pode ter um grande benefício para o diabético, já que a doença enfraquece o sistema de defesa.
  • Acelera a cicatrização de feridas. Além disso, frutas ricas em vitamina C, como a tangerina, melhora a integridade da pele e dos tecidos. De fato, altas doses de vitamina C acelera o tempo de cicatrização das feridas em certas situações. [ 6 ]
  • Melhora o funcionamento do intestino. Frutas cítricas, como a tangerina, são ricas em fibras solúveis. A fibra solúvel forma um gel no sistema digestivo. Isso então atrai água para o intestino. Assim, amolece as fezes, facilitando os movimentos intestinais. [ 7 ]

Diabético pode comer tangerina?

Pois bem, com tantos benefícios talvez provavelmente seja impossível dizer que o diabético não pode comer tangerina. Mas antes de ter certeza vamos analisar como a fruta influencia na glicose. Pois isso é de extrema importância, independente dos benefícios.

Índice glicêmico da tangerina

Assim sendo, devemos sempre ficar atentos ao índice glicêmico (IG) de um alimento. Principalmente quando se trata de alimentos para diabéticos. O IG é uma escala de zero a 100 que mede a velocidade que um alimento se decompõe em glicose. Alimentos com IG alto não são indicados para diabéticos, pois causam picos de glicose.

Quanto menor o índice glicêmico de um alimento, mais lentamente o nível de glicose aumenta depois de comer esse alimento. Entretanto, quanto mais o alimento for processado, maior será o seu IG. Além disso quanto mais fibra ou gordura ele tiver, menor será o seu IG.

A tangerina tem índice glicêmico de 30, considerado baixo. [ 8 ]

Carga glicêmica da tangerina

Além disso, devemos analisar a carga glicêmica (CG) do alimento. Pois o índice glicêmico mostra apenas parte da história. O que ele não mostra é quanto a glicose pode subir quando você come esse alimento. Para entender o efeito completo de um alimento sobre a glicose, você precisa saber não só a velocidade que faz a glicose entrar na corrente sanguínea mas também quanta glicose por porção esse alimento tem.

Assim, uma outra medida, a carga glicêmica faz as duas coisas. Ela então mostra uma imagem mais precisa do impacto real do alimento na glicoses. A melancia, por exemplo, tem um alto índice glicêmico (80). Mas uma porção de melancia tem tão pouco carboidrato que sua carga glicêmica é de apenas 5. A carga glicêmica é o resultado da multiplicação do IG do alimento com a quantidade de carboidratos divido por 100. [ 9 ]

A carga glicêmica (CG) da tangerina é igual a 3,9, o que a classifica como um alimento de baixa CG. [ 8 ]

Diabético pode comer tangerina – Conclusão:

Sim, o diabético pode comer tangerina e tem muitos benefícios. Mas o diabético sempre deve medir sua glicose antes e depois de comer tangerina, isso porque cada pessoa reage de forma diferente a alimentos diferentes.

LEIA TAMBÉM:

Deixe uma resposta

Coloque o código a seguir na página AMP (por exemplo, no footer/rodapé):
%d blogueiros gostam disto: