Deficiência de Magnésio piora Diabetes Tipo 2

Deficiência de Magnésio piora Diabetes Tipo 2

Gostou do artigo? Compartilhe!

Segundo estudos atuais a deficiência de magnésio pode piorar o diabetes tipo 2

A deficiência de magnésio pode agravar o diabetes tipo 2. Os estudos ainda estão iniciando, mas é bom conversar com seu médico se o teste de magnésio e se os suplementos de magnésio são indicados para você.

Este artigo explora os estudos sobre a deficiência de magnésio e a relação com o diabetes tipo 2. E como fazer o teste e o que fazer para tratar ou prevenir a deficiência de magnésio.

Conteúdo:

  1. O que é magnésio?
  2. Relação entre a deficiência de magnésio e diabetes tipo 2
  3. Para que serve o exame de magnésio para o diabético tipo 2 ?
  4. Deficiência de magnésio em outros tipos de diabetes
  5. Medicamentos que causam deficiência de magnésio
  6. E se o teste de magnésio mostrarem que sou deficiente?
  7. Devo tomar suplementos de magnésio se eu tiver diabetes tipo 2?
  8. Alimentos ricos em magnésio

O que é magnésio?

O magnésio é um mineral, o quarto mais comum no corpo. A maior parte é encontrada nos ossos ou nos tecidos moles do corpo.

Ele desempenha muitas funções importantes em muitos sistemas de órgãos diferentes, incluindo o coração e os músculos.

É necessário para centenas de reações químicas diferentes no corpo (que são desencadeadas por proteínas específicas chamadas enzimas). Isso significa que se o magnésio estiver baixo , essas reações podem não funcionar corretamente.

Algumas das enzimas que usam magnésio estão envolvidas na produção e armazenamento de energia do corpo. Por exemplo, o magnésio é importante como a glicose (“ açúcar no sangue ”) e o hormônio insulina são processados. O magnésio parece regular o movimento da glicose da corrente sanguínea para o interior das células.

Muitas pessoas não consomem magnésio suficiente em sua dieta. Particularmente à medida que envelhecem, eles não atendem às necessidades de ingestão de magnésio, conforme recomendado pelo Min da saúde.

Mas a maioria dessas pessoas não sabe que tem deficiência de magnésio. A menos que você tenha uma deficiência grave de magnésio, é improvável que tenha sintomas.

Relação entre a deficiência de magnésio e diabetes tipo 2

Nem todas as pessoas com diabetes tipo 2 têm deficiência de magnésio.

Ainda assim, existe uma associação entre os dois. Se você tem deficiência de magnésio, é mais provável que tenha diabetes tipo 2. Se você tem diabetes tipo 2, é mais provável que tenha uma deficiência de magnésio.

Pessoas com deficiência de magnésio e tem diabetes tipo 2 também correm um risco maior de piorar o diabetes e as complicações do diabetes.

No diabetes tipo 2, as pessoas tem glicose alta no sangue. Além disso, o corpo pode não estar respondendo à insulina . Como o magnésio está envolvido no processamento da glicose e da insulina, faz sentido que a deficiência de magnésio piorem os problemas do diabetes tipo 2.

Além disso, os rins geralmente não funcionam normalmente em algumas pessoas com diabetes tipo 2. O aumento dos níveis de glicose pode fazer com que seu corpo se livre de mais magnésio do que deveria.  Isso provavelmente é parte da associação entre diabetes tipo 2 e a deficiência de magnésio.

Não está completamente claro se a deficiência de magnésio é um fator que pode causar parcialmente o diabetes tipo 2 ou se o baixo teor de magnésio geralmente é em parte o resultado de ter diabetes tipo 2. Na realidade, esses fatores provavelmente aumentam os efeitos um do outro.

O magnésio também parece desempenhar um papel na hipertensão (pressão alta) e na dislipidemia . Esses dois problemas são comuns em pessoas com diabetes tipo 2. 

Embora não seja o único fator, o baixo teor de magnésio pode piorar a pressão arterial muito alta ( hipertensão ).

O baixo teor de magnésio também pode contribuir para a dislipidemia – colesterol e gorduras (lipídios) altos no sangue. Isso é crítico porque a dislipidemia pode aumentar o risco de doenças como ataque cardíaco e derrame.

Para que serve o exame de magnésio para o diabético tipo 2 ?

Se você é uma pessoa com diabetes tipo 2,  deve fazer o exame de magnésio. Infelizmente, descobrir se você tem uma baixa quantidade de magnésio em seu corpo não é totalmente simples.

Apenas uma pequena porcentagem do magnésio em seu corpo é encontrada no sangue. A concentração de magnésio lá é regulada de forma muito rígida. Seu corpo trabalha muito para manter as concentrações sanguíneas de magnésio na faixa normal. Ele faz isso mesmo se o magnésio estiver esgotado em outras partes do corpo.

Isso é importante porque o magnésio abaixo da faixa normal pode ter efeitos colaterais graves, como anormalidades do ritmo cardíaco.

Normalmente, os médicos solicitam um teste de magnésio sérico para saber se você está com baixo teor de magnésio.

Magnésio abaixo de 0,70 mM / L é definido como hipomagnesemia – níveis baixos de magnésio no sangue.

Alguns pesquisadores acham que esse valor é definido muito baixo, que o ponto de corte deve ser 0,85 mM / L ou superior, especialmente para pessoas com diabetes.

Este teste é bom para detectar deficiências graves de magnésio, mas não é muito bom para identificar deficiências menos graves. Um teste normal de magnésio sérico não significa necessariamente que você tenha uma quantidade normal de magnésio no corpo.

Você pode ter o que os pesquisadores chamam de “inadequação de magnésio”, mesmo que não tenha uma deficiência de magnésio que pode ser vista em um exame de sangue.

Um exame de sangue menos comum, chamado magnésio ionizado, pode dar melhores resultados. Há também outro teste mais complicado, chamado teste de carga de magnésio, que pode fornecer resultados ainda mais precisos. Às vezes, é uma boa ideia fazer mais de um tipo de teste.

Deficiência de magnésio em outros tipos de diabetes

Pouco se sabe sobre a deficiência de magnésio em outros tipos de diabetes. Pessoas com pré – diabetes também devem fazer os testes de magnésio. Se forem deficientes, os suplementos de magnésio podem diminuir o risco de contrair diabetes tipo 2.

O magnésio também pode ser um fator importante para algumas pessoas com diabetes tipo 1 . Fazer um teste ou vários testes de magnésio também é recomendado para essas pessoas.

E se o teste de magnésio mostrarem que sou deficiente?

Se os exames de sangue mostrarem que você tem baixo teor de magnésio, seu médico provavelmente recomendará que você tome suplementos de magnésio, pelo menos temporariamente. Você também pode precisar repetir os exames de sangue para ver se os suplementos estão ajudando a aumentar o seu magnésio.

A menos que você tenha uma deficiência grave de magnésio, o magnésio oral geralmente é o recomendado. Os suplementos de magnésio estão disponíveis em várias formulações diferentes. Alguns com melhor absorção são:

  • Lactato de magnésio
  • Citrato de magnésio
  • Cloreto de magnésio
  • Gluconato de magnésio 4

Medicamentos que causam deficiência de magnésio

Se você está tomando certos medicamentos, pode ser ainda mais provável que tenha uma deficiência de magnésio. Exemplos incluem:

Diuréticos como Lasix (furosemida)
Diuréticos tiazídicos como hidroclorotiazida
Inibidores da bomba de prótons como esomeprazol

Se você está tomando um medicamento como esse, fazer um teste de magnésio pode fazer ainda mais sentido.

Devo tomar suplementos de magnésio se eu tiver diabetes tipo 2?

Se você tem diabetes tipo 2, um exame de sangue para examinar os níveis de magnésio é a melhor forma de saber. Mesmo que esses testes não mostrem que você tem deficiência de magnésio, pode valer a pena falar com seu médico.

Os pesquisadores têm estudado a relação entre magnésio e diabetes. Alguns pequenos estudos indicaram que pode ajudar a controla a glicose no sangue em pessoas com diabetes tipo 2. Mas esses resultados são conflitantes.

No momento, não temos dados suficientes de bons ensaios clínicos para mostrar que tomar suplementos de magnésio para a maioria das pessoas com diabetes tipo 2 é uma boa ideia. Pode ser que apenas pessoas com deficiências claras de magnésio possam ter benefícios.

Devido à falta de evidências definitivas, a American Diabetes Association não recomenda atualmente os suplementos de magnésio para melhorar o controle do diabetes para pessoas com diabetes tipo 2.

Em outras palavras, eles não recomendam magnésio para a maioria das pessoas com diabetes tipo 2. Mas isso não exclui o magnésio para algumas pessoas com diabetes que claramente precisam dele.

Embora os suplementos de magnésio estejam disponíveis a venda sem receita, geralmente não é uma boa ideia tomá-los sem consultar o seu médico, especialmente por muito tempo.

Tomar muito magnésio pode elevar as quantidades de magnésio no sangue (hipermagnesemia). Isso pode causar sintomas como fraqueza, náusea e confusão mental.

É especialmente importante que você não se automedique com magnésio se tiver doença renal grave. Essas pessoas já correm o risco de ter níveis sanguíneos de magnésio muito altos.

Alimentos ricos em magnésio

Embora os suplementos de magnésio possam não ser o que você precisa, as pessoas com diabetes devem pensar em comer alimentos ricos em magnésio . Alguns exemplos de alimentos ricos em magnésio são:

  • Grãos integrais (como farelo de trigo)
  • Nozes e sementes
  • Feijões
  • Vegetais de folhas verdes escuras (como espinafre)
  • Cereais

Muitas outras frutas e vegetais tem quantidades menores, mas ainda assim importantes, de magnésio. Por exemplo, bananas, iogurte, abacate e até chocolate contêm magnésio.

A boa notícia é que muitos desses alimentos são compatíveis com a dieta para diabéticos tipo 2 , embora você precise ficar atento a isso.

Algumas pessoas devem se consultar com um nutricionista para controlar o diabetes. Um nutricionista especializado pode indicar a dieta para o controle do diabetes e também pode analisar sua dieta para ver se você está ingerindo a quantidade recomendada de magnésio.

Resumo

O magnésio desempenha um papel importante na regulação da glicoses no sangue . Níveis baixos de magnésio são observados em algumas pessoas com diabetes tipo 2, mas não sabemos se um causa o outro.

Os exames de sangue podem detectar a deficiência de magnésio. Seu médico pode recomendar suplementos de magnésio para tratar a deficiência, bem como como ter mais magnésio em sua dieta.

 

Fontes:

  1. Gröber U, Schmidt J, Kisters K. Magnesium in prevention and therapyNutrients. 2015;7(9):8199-8226. doi:10.3390/nu7095388

  2. Kostov K. Effects of magnesium deficiency on mechanisms of insulin resistance in type 2 diabetes: focusing on the processes of insulin secretion and signalingInt J Mol Sci. 2019;20(6):1351. doi:10.3390/ijms20061351

  3. U.S. Department of Agriculture, Agricultural Research Service. Usual nutrient intake from food and beverages by gender and age: what we eat in America. NHANES 2013-2016. 2019.

  4. Ahmed F, Mohammed A. Magnesium: the forgotten electrolyte—a review on hypomagnesemiaMed Sci (Basel). 2019;7(4):56. doi:10.3390/medsci7040056

  5. Gommers LM, Hoenderop JG, Bindels RJ, de Baaij JH. Hypomagnesemia in type 2 diabetes: a vicious circle? Diabetes. 2016;65(1):3-13. doi:10.2337/db15-1028

  6. National Institutes of Health. Magnesium: fact sheet for health professionals. Updated March 29, 2021.

  7. Barbagallo M, Dominguez LJ. Magnesium and type 2 diabetesWorld J Diabetes. 2015;6(10):1152-1157. doi:10.4239/wjd.v6.i10.1152

  8. Volpe SL. Magnesium in disease prevention and overall healthAdv Nutr. 2013;4(3):378S-383S. doi:10.3945/an.112.003483

  9. Guerrero-Romero F, Simental-Mendía LE, Hernández-Ronquillo G, Rodriguez-Morán M. Oral magnesium supplementation improves glycaemic status in subjects with prediabetes and hypomagnesaemia: a double-blind placebo-controlled randomized trialDiabetes Metab. 2015;41(3):202-207. doi:10.1016/j.diabet.2015.03.010

  10. Shahbah D, Hassan T, Morsy S, et al. Oral magnesium supplementation improves glycemic control and lipid profile in children with type 1 diabetes and hypomagnesaemiaMedicine (Baltimore). 2017;96(11):e6352. doi:10.1097/MD.0000000000006352

  11. Yamaguchi H, Shimada H, Yoshita K, et al. Severe hypermagnesemia induced by magnesium oxide ingestion: a case seriesCEN Case Rep. 2019;8(1):31-37. doi:10.1007/s13730-018-0359-5

Leia também:

Gostou do artigo? Compartilhe!

2 comentários em “Deficiência de Magnésio piora Diabetes Tipo 2”

  1. Pingback: O que comer quando a glicose está alta? | Fala Sério Diabetes

  2. Pingback: 5 Suplementos para Baixar a Glicose | Fala Sério Diabetes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *