Pular para o conteúdo
Início » Como Tomar Insulina: 10 Dicas Importantes

Como Tomar Insulina: 10 Dicas Importantes

como tomar insulina

Para o diabético tipo 1, tomar insulina é vital, para o diabético tipo 2, é fundamental no controle da doença e ajuda a evitar as complicações do diabetes.

O diabético pode precisar tomar apenas um tipo de insulina, mas também uma combinação de vários tipos ao durante o dia. Pois isso depende de alguns fatores, como seu estilo de vida, sua dieta e como está o controle do diabetes, principalmente entre as refeições.

Tomar insulina pode ser complicado. A maioria dos diabéticos toma injeções de insulina, embora o uso de uma bomba de insulina também seja uma opção. Mas nem sempre é a realidade, pois a bomba pode ser custosa para alguns.

De toda forma, seja por meio da seringa ou da bomba, vamos mostrar nesse artigo algumas dicas de como tomar sua insulina e os cuidados que você deve ter.

Tempo estimado de leitura: 9 minutos

10 Dicas para tomar insulina

1- Local de aplicação

Faça um rodizio dos locais de aplicação, tente não tomar a insulina sempre na mesma área do seu corpo. Isso evita uma condição conhecida como lipodistrofia, que é quando a gordura abaixo da pele se decompõe ou se acumula, formando caroços ou “buracos” em sua pele. Além disso, obstrui a absorção de insulina.

Sendo assim, alterne os locais da aplicação. Os melhores locais para tomar insulina, são as áreas com mais concentração de gordura, como por exemplo:

  • Abdômen ( barriga )
  • Na frente ou do lado das coxas
  • Parte superior das nádegas superiores
  • Superior dos braços

Cada aplicação deve ser feita 2 dedos de distância (4cm) acima ou abaixo do local anterior. Também não aplique muito perto do umbigo ou em locais com cicatrizes.

Mas na hora de tomar insulina nas refeições é melhor aplicar na mesma parte do corpo a cada tipo de refeição. Por exemplo: você pode aplicar na barriga antes do café da manhã e no braço antes do almoço e na coxa antes do jantar.

2- Limpe a pele antes de tomar insulina

Antes de tudo, lave suas mãos com água e sabão antes de manipular todo o material. Seringa e insulina.

Lave o local de aplicação com água e sabão, em seguida, limpe bem sua pele com algodão e álcool 70% antes de aplicar a insulina. Por fim, aguarde 20s antes de fazer a aplicação para que o álcool seque completamente.

3- Teste sua glicose antes de tomar a insulina

Como tomar insulina
Teste seu nível de glicose antes de tomar insulina

O tratamento do diabetes não se resume apenas em tomar insulina. Você precisa estar ciente que deve monitorar sua glicose constantemente. Principalmente antes de aplicar a insulina. Isso por que sua glicose pode mudar de acordo com vários fatores, como estresse, calor e frio, alimentação, atividade física, bem como alterações hormonais.

Além disso, é importante manter o registro desse níveis de glicose, pois seu médico e nutricionista pode calcular melhor a quantidade de insulina a ser aplicada de acordo com essa variação.

4- Contagem de carboidratos antes da refeição

Incialmente, pode parecer complicado contar a quantidade de carboidratos consumidos, mas é necessário ter ciência da importância dessa técnica.

Com o tempo, você ficará melhor em descobrir sua ingestão de carboidratos. Enquanto isso, um nutricionista pode fazer uma dieta personalizada para você.

Há também vários aplicativos de smartphone e calculadoras na Internet para te ajudar a descobrir e calcular a ingestão de carboidratos e sua dosagem de insulina a ser aplicada.

Além disso, seu médico pode te ajudar a entender melhor a quantidade de insulina a ser aplicada nas refeições, de acordo com o que você vai comer, baseado na quantidade de carboidratos e no nível de glicose antes da refeição.

5- Conheça os sintomas de hipoglicemia

A hipoglicemia é quando a glicose está baixa demais. Isso pode ocorrer por vários motivos, mas principalmente por excesso de insulina ou falta de carboidratos na alimentação depois de aplicar a insulina.

Os principais sintomas da hipoglicemia são:

  • Cansaço
  • Bocejos
  • Não conseguir falar ou pensar com clareza
  • Falta de coordenação muscular
  • Sudorese ou suar frio
  • Palidez
  • Convulsões
  • Perda de consciência
  • Distúrbio visual, como visão embaçada
  • Fraqueza, tremedeira ou tontura

Veja aqui como controlar a hipoglicemia se isso acontecer com você. Por exemplo: você pode comer ou beber gomas de glicose, suco de frutas, refrigerante ou balas. Além disso, fique atento após a atividade física, pois o pode haver queda de glicose após o treino.

6- Informe aos familiares e amigos do uso da insulina

Seus familiares e amigos devem estar cientes que você toma insulina. Isso por que em casos de hipoglicemia eles podem saber o que e como fazer para te ajudar.

Informe a eles que, em casos de emergência, ligue para o SAMU e entre em contato com seu médico imediatamente.

Uma pessoa mais intima, como seu conjugue, pode aplicar uma injeção de glucagon, caso você fique inconsciente. Por isso peça a seu médico que te ensine e ao seu companheiro(a) como usar o recurso em casos de emergência.

7- Não aplique muito profundo

A insulina deve ser aplicada subcutânea. Isso significa que deve ser injetada na camada de gordura abaixo da pele com agulha própria.

Aplicar a insulina no músculo, faz com que seu corpo a absorva rapidamente. Isso então faz com que a duração do efeito seja mais curto e a aplicação dolorosa.

8- Coma 15 min após tomar a insulina

A insulina de ação rápida foi projetada para ser aplicada imediatamente antes da refeição. Ela começa a funcionar rapidamente na corrente sanguínea, dessa forma, se você esperar muito tempo para se alimentar, então sua glicose pode cair, causando hipoglicemia.

9- Não entre em pânico

Incialmente, calcular a dose de insulina que você vai tomar pode ser complicado, mas depois de um tempo, você se acostuma. Principalmente nas refeições, pois você ainda não sabe calcular a quantidade de carboidratos que vai comer.

Mas se você tomar mais ou menos insulina que o necessário, não entre em pânico.

Se tomou demais, coma alimentos ricos em carboidratos ou doces ou uma bala de glucose. Agora se tomou muito acima da dose, como por exemplo, o triplo ou mais, então peça ajuda imediatamente. Você precisar ir a uma emergência.

Entretanto se tomou menos do que recomendado ou esqueceu de tomar antes de se alimentar, então meça sua glicose. Caso esteja muito alta, pode ser necessário tomar insulina de ação rápida. Se não tiver certeza da dosagem, entre em contato com seu médico.

Se mesmo após tomar a insulina rápida, sua glicose ainda continua alta, espere por um tempo antes de tomar outra dose.

Na próxima aplicação, há risco de hipoglicemia. Por isso monitore sua glicose com mais frequência que o habitual.

10- Não mude a dose ou tipo de insulina

Antes de informar seu médico, não mude a dose ou tipo de insulina, muito menos pare de tomar insulina. Isso certamente causará sérias complicações.

Se você é diabético tipo 2, então deve se consultar a cada 2 meses e fazer exames de rotina, somete seu médico pode altera sua dosagem de insulina e medicamentos.

LEIA TAMBÉM:

Conclusão:

Tomar insulina é bem simples, não dói e se feita da forma correta não causa nenhum perigo. Além disso, anotar os resultados dos testes de glicose, ajudam seu médico e nutricionista a regular a dosagem.

Porque tem que tomar insulina?

A insulina sintética, imita o hormônio natural produzido por seu corpo. A função dela é levar a glicose dos alimentos para dentro da suas células para ser usada como fonte de energia. Quando não há insulina suficiente em seu corpo, o nível de glicose aumenta, causando a hipoglicemia.

Qual é o tipo de diabetes que tem que tomar insulina?

No diabetes tipo 1, o seu pâncreas não produz insulina. No diabetes tipo 2, produz pouco ou suas células são resistentes ao hormônio. Dessa forma, o diabetes tipo 1, tem que tomar insulina. Já o tipo 2, pode ou não tomar.

O que acontece se o diabético não tomar insulina?

Nesse caso a glicose não consegue entrar dentro das células do seu corpo e ficam na corrente sanguínea, aumentando a glicose no sangue.

Diabetes tipo 2 precisa tomar insulina?

Nem sempre, mas quando seu pâncreas não produz quantidade suficiente, então seu médico pode prescrever a insulina. O diabetes tipo 2 pode ser tratado com medicamentos, dieta e atividade física.

Quem toma insulina pode parar

Somente o médico pode suspender o uso da insulina. Nos casos de diabetes tipo 1, o uso da insulina é para toda a vida.

Referências:

Deixe uma resposta

Coloque o código a seguir na página AMP (por exemplo, no footer/rodapé):
%d blogueiros gostam disto: